sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Datas


Passam-se as datas
Vão-se as emoções
Diluem-se os dias
Em contradições.

Agora se chora
Logo se ri,
Perdi o meu sonho
Perdendo-te a ti.

Mas as datas voltam
E os dias não,
Para que servem as datas
No meu coração.

[A. Neves Pinheiro]

Sem comentários:

Publicar um comentário